A rinoplastia reducional dá um aspecto mais delicado para o nariz que possui uma aparência mais “robusta” e masculina. Nesse procedimento é feito a redução do nariz, a rotação, projeção e definição da ponta para que fique com um aspecto mais delicado e definido e a redução do dorso para que fique mais fino. Busca-se também com essa intervenção não só o resultado estético, mas a melhor funcionalidade do nariz, com preservação dos elementos anatômicos nobres.

Informações Específicas

ANESTESIA

Pode ser usada tanto a anestesia local com sedação assistida quanto a geral, ou ainda, a associada. Há também a possibilidade de que a escolha seja feita pela paciente, desde que com prévia ponderação da conveniência com a equipe cirúrgica e anestésica.

PROCEDIMENTO

A operação dura, em média, 120 minutos, podendo ser prolongada de acordo com a necessidade do caso.

ESCOLHA DO NOVO NARIZ

A liberdade de escolha pela paciente do novo formato de nariz vai até certo limite, que é determinado pelo equilíbrio estético que deverá haver entre o nariz e a face, o que é fruto de um detalhado estudo do cirurgião. Alguns exemplos podem ser dados por imagens em computador, montagens, estudo gráfico do perfil, máscaras de gesso, etc. Isso não quer dizer que o resultado final seja exatamente igual aquele visto no desenho ou no computador, isso porque, mesmo o cirurgião fazendo uso da técnica mais correta, existem os fatores pessoais de cada paciente, que vão interferir no resultado final.

CICATRIZ

Praticamente não existe cicatriz aparente na rinoplastia reducional. Deve-se isso ao fato de as incisões serem feitas “dentro do nariz” ou nos sulcos. Em casos especiais, quando é necessário trabalhar com as asas nasais, fazem-se pequenas incisões entre elas e a face, que se tornam quase imperceptíveis dentro de poucas semanas. Há ainda a possibilidade de uma incisão na parte inferior do nariz, cuja cicatriz também se torna quase imperceptível.

PERÍODO DE INTERNAÇÃO

O período normal de internação é de 6 a 12 horas.

Evolução Pós-Operatória

O pós-operatório é praticamente indolor, apenas trazendo desconforto e, eventualmente, dor de cabeça. Se houver alguma dor, pode ser combatida com analgésico comum. No pós-operatório imediato a paciente deve manter a cabeça ligeiramente elevada (dois travesseiros) e a face para cima. Imediatamente são iniciadas compressas geladas nas pálpebras para reduzir a formação de edema e manchas roxas.

Durante os primeiros dois dias há aumento progressivo do edema, o que é normal. Após o segundo dia o inchaço e as manchas começam a regredir, desaparecendo entre 10 e 20 dias. Nos primeiros meses após a cirurgia é comum o edema nas laterais, no dorso e na ponta nasal que gradualmente é absorvido e o nariz adquire uma forma mais natural.

Até que se atinja o resultado desejado, diversas fases evolutivas ocorrem e são características desse tipo de cirurgia. Assim, é plenamente normal que a paciente tenha que conviver por alguns dias com dificuldade respiratória, manchas roxas e inchaço, sendo este último o que se prolonga por mais tempo. Tais reações são variáveis de pessoa para pessoa, contudo é necessário dar-se o devido tempo ao organismo para que ele “administre” esta nova situação, sendo que nenhum resultado de cirurgia estética de nariz deve ser avaliado antes do sexto mês de pós-operatório.

PERÍODO DE RECUPERAÇÃO

É variável de pessoa para pessoa, mas em média, dura de 7 a 14 dias. A partir daí a paciente começa a ter condições para trabalhar, ainda que com restrições.

RETIRADA DOS PONTOS

Acontece entre o quinto e o sétimo dia.

SANGRAMENTO

Nas primeiras 48 horas existe um sangramento normal, razão pela qual é colocado um curativo de proteção, sobreposto à abertura do nariz. Esse curativo pode ser trocado em casa, quantas vezes forem necessárias.

CURATIVOS

Após o término da cirurgia o nariz é imobilizado com gesso, importante para a primeira fase de modelagem do nariz, que deve permanecer por sete dias, período após o qual é retirado no consultório. Pode ainda ser utilizado o tamponamento nasal (com gazes untadas com pomada de antibiótico), que é deixado por 24 a 48 horas. Em casos em que se torne necessário o tamponamento nasal por mais tempo, esse é feito com tampão especial, com orifício para a respiração.

POSIÇÃO PARA DORMIR

Nos primeiros dias é imprescindível dormir sempre com a cabeça em posição discretamente elevada, mantendo a face voltada para cima e nunca lateralmente.

RETORNO ÀS ATIVIDADES ESPORTIVAS

Pacientes submetidos a rinoplastia podem retornar às atividades esportivas depois de decorridos 30 dias da cirurgia. Os esportes de impacto devem ser reiniciados somente 60 dias após a cirurgia, mas é importante observar restrição à exposição solar.

A RESPIRAÇÃO APÓS A CIRURGIA

Sempre que possível a rinoplastia reducional procura melhorar as condições respiratórias da paciente, pois, na maioria das vezes, esses problemas se devem ao desvio de septo, que é corrigido no mesmo ato cirúrgico, sendo um procedimento inerente ao trabalho do cirurgião plástico neste procedimento.

EVOLUÇÃO PARA O RESULTADO FINAL

O resultado final não é imediato. Ao retirar-se o gesso (em torno do sétimo dia), mesmo corrigidos os principais defeitos do nariz, ele mostra-se aquém do desejado, devido ao inchaço, que irá diminuir gradativamente até desaparecer, em torno do sexto mês, mas esse período pode ser menor ou maior, dependendo do biotipo de cada paciente. O resultado de uma rinoplastia é praticamente definitivo, ressaltando-se, porém, que após os 50 anos de idade todo nariz começa a apresentar alterações morfológicas compatíveis com a idade, devido à transformação apresentada pela pele que o reveste.