A mamoplastia masculinizadora, também conhecida como Mastectomia Masculinizadora, é indicada para transexuais que já iniciaram o processo de hormonização e desejam ter um tórax com aspecto masculino. Este procedimento não se trata, tecnicamente, de uma mamoplastia feminina redutora extrema, pois seu conceito e execução são completamente diferentes e depende do volume e queda da mama pré-existente.

Após a avaliação médica, duas técnicas podem ser utilizadas:

  1. Retirada das mamas com masculinização e cicatriz peri-areolar, em que a mesma fica ao redor da aréola;
  2. Retirada da mama com masculinização, em que há uma cicatriz peri-areolar e no sulco submamário (popularmente conhecida com técnica do sorriso).

Além da redução mamária, também são realizados a redução da aréola e do mamilo e seu respectivo reposicionamento para uma posição e aspecto masculino.

Informações Específicas

ANESTESIA

Normalmente é utilizada a anestesia peridural. Em casos especiais, e a critério do cirurgião e do anestesista, pode-se empregar anestesia geral ou local com sedação assistida. Há também a possibilidade de que a escolha seja feita pelo paciente, desde que com prévia ponderação da conveniência com a equipe cirúrgica e anestésica.

PROCEDIMENTO

O tempo depende do tipo da mama a ser operada, mas a duração média é de três horas.

CICATRIZES

As cicatrizes variam de acordo com o tamanho e grau de queda das mamas a serem operadas e podem ser ao redor das aréolas (peri-areolares) ou peri-areolares e nos sulcos inframamários e ficam relativamente escondidas. Sempre haverá uma cicatriz ao redor da aréola, que ficará disfarçada pela diferença de cor entre ela e a pele normal.

PERÍODO DE INTERNAÇÃO 

O período de internação é geralmente de 24 horas.

Evolução Pós-Operatória

Até ser atingido o resultado ideal, diversas fases pós-operatórias ocorrem e são características desse tipo de intervenção. Normalmente a recuperação é pouco dolorosa, sendo essas dores facilmente combatidas com analgésicos comuns. Em casos de associação com outros procedimentos elas podem ser mais intensas, mas também controláveis.

Os cuidados pós-operatórios dizem respeito à limitação dos movimentos dos braço e esforço físico, uso do colete apropriado e uso de micropore sobre as cicatrizes por tempo determinado.

PERÍODO DE RECUPERAÇÃO

É variável de pessoa para pessoa, mas dura em torno de 7 a 15 dias. A partir daí o paciente começa a ter condições para trabalhar, ainda que com restrições.

RETIRADA DOS PONTOS

Acontece entre o 7º e o 21º dia.

BANHO COMPLETO 

O banho completo é indicado depois de decorridos dois ou três dias da cirurgia. Contudo, alguns casos poderão necessitar de cuidados especiais sobre a área operada, sendo então recomendado evitar o umedecimento do local por sete a dez dias e estar acompanhado no momento.

RETORNO ÀS ATIVIDADES ESPORTIVAS

Pacientes submetidos à mamoplastia masculinizadora podem retornar às atividades esportivas depois de decorridos 60 dias da cirurgia, porém só estarão liberados para exercícios que utilizem os membros superiores ou músculos peitorais após 180 dias.