A mamoplastia de aumento é indicada para as pacientes que estão em processo de hormonização e que desejam ter mamas. Ao contrário do aumento de seios femininos, este aumento se dá de forma diferenciada devido aos aspectos anatômicos diferentes entre o tórax feminino e masculino.

Devido a essas diferenças, a inserção da prótese de silicone se dá quase sempre no espaço submuscular para que haja um resultado com aspecto mais natural e uma cobertura mais adequada dos implantes. No procedimento também pode ser usada a via de acesso axilar, a qual permite uma escolha mais assertiva do local em que ficará o sulco submamário, bem com permite que não hajam cicatrizes nas mamas.

Informações Específicas

ANESTESIA

Normalmente é utilizada a anestesia local com sedação assistida. Em casos especiais e a critério do cirurgião e do anestesista, pode-se empregar anestesia geral ou peridural com sedação assistida. Há também a possibilidade de que a escolha seja feita pela paciente, desde que com prévia ponderação da conveniência com a equipe cirúrgica e anestésica.

 

PROCEDIMENTO

O tempo médio de duração é de 90 minutos, podendo durar até 120 minutos, dependendo do caso.

 

CICATRIZES

A colocação do implante mamário para transexuais é feito pela seguinte via:

  • Axilar: Incisão de quatro a cinco centímetros na região axilar;
  • Sulco inframamário: Incisão de aproximadamente quatro centímetros localizada no sulco abaixo da mama. É a via mais simples, rápida e com menor taxa de complicações e insatisfação com a cicatriz, visto que, geralmente, ela fica pouco visível após oito meses.

 

PERÍODO DE INTERNAÇÃO 

No caso de anestesia local com sedação assistida não há a necessidade de internação hospitalar. No caso de anestesia peridural ou geral a paciente deverá ficar internada de 12 a 24 horas.

Evolução Pós-Operatória

Até ser atingido o resultado ideal, diversas fases pós-operatórias ocorrem e são características desse tipo de intervenção. Normalmente a recuperação é pouco dolorosa, sendo essas dores facilmente combatidas com analgésicos comuns. Em casos de associação com outros procedimentos as dores podem ser mais intensas, mas também controláveis. Os cuidados pós-operatórios dizem respeito à limitação dos movimentos dos braços, esforço físico, uso de sutiã apropriado e de micropore sobre as cicatrizes por tempo determinado pelo cirurgião.

 

POSIÇÃO, TAMANHO, CONSISTÊNCIA E FORMA

 

Com a cirurgia, as mamas não só têm seu volume aumentado como também sua forma. O novo volume pode ser escolhido, já que se existem vários tamanhos de implantes de silicone, porém, é importante lembrar que esta escolha deve obedecer à norma de harmonia em relação não só ao tórax da paciente, mas ao físico como um todo. Pode-se utilizar moldes de próteses idênticos, em forma e volume, aos implantes definitivos para se obter melhor precisão.

 

As “novas mamas” vão passar por períodos evolutivos, que são os seguintes:

  1. Período imediato: Vai até o 30º dia. Nesse período a forma ainda está aquém do desejado, apesar de já apresentar um melhor aspecto, sendo comum a ocorrência de inchaço;
  2. Período mediato: Vai do 30º dia ao 3º mês. Nesse período continua a evolução para a forma definitiva, não sendo raros os casos de insensibilidade ou de hipersensibilidade da aréola, podendo ainda ocorrer inchaço;
  3. Período tardio: Vai do 3º ao 12º mês e é o período no qual a mama vai atingir o aspecto definitivo no que diz respeito à cicatriz, forma, consistência, volume e sensibilidade, sendo que a consistência prévia, a elasticidade da pele da mama e o volume da prótese introduzida têm grande importância no resultado final. Qualquer avaliação do resultado da operação deverá ser feito após o período tardio, ou seja, após o 12º mês

 

PERÍODO DE RECUPERAÇÃO

É variável de pessoa para pessoa, mas, em média, dura de 7 a 15 dias. A partir daí a paciente começa a ter condições para trabalhar, ainda que com restrições.

 

USO DE SUTIÃ MODELADOR

O uso de sutiã modelador, em caso de mamoplastia de aumento, é ininterrupto, já que ele tem como função moldar e conter a mama recém operada. Ele deve ser usado por, pelo menos, dois meses após a cirurgia.

 

RETIRADA DOS PONTOS

Acontece entre o 7º e o 14º dia.

 

BANHO COMPLETO

O banho completo é aconselhado depois de decorridos dois dias, porém tomando-se o cuidado de não molhar o curativo e com acompanhante.

 

RETORNO ÀS ATIVIDADES ESPORTIVAS

Pacientes submetidas à mamoplastia de aumento podem retornar às atividades esportivas depois de decorridos 30 dias, porém só estarão liberadas para exercícios que utilizem os membros superiores ou músculos peitorais após 90 dias.